Plantar Árvores :: Planting Trees

No fim-de-semana passado plantámos cinco árvores no nosso jardim: uma macieira, um marmeleiro, uma figueira, uma laranjeira e um abacateiro. O Rodrigo adorou participar! Cavou, mexeu na terra, chapinhou na lama e correu por todo o lado. Fico tão contente por ele poder andar assim ao ar livre… espero estar a criar um pequeno jardineiro!
Last weekend we planted some trees in the garden: apple, quince, fig, orange and avocado (one of each). Rodrigo loved the experience! He dug, played with the soil, rolled in the mud and run around. I’m so happy that he’s getting this chance to be outdoors so much… I hope I’m raising a little gardener!
(photos: © Constança Cabral)

Flores de Fevereiro :: February Flowers

O jardim está lentamente a despertar e, quando há umas horas de sol, posso jurar que já cheira a Primavera. As flores ainda não são abundantes mas sempre dá para apanhar algumas aqui e outras ali, e fazer uns mini-arranjos de final de Inverno.
The garden is slowly awakening and whenever there’s a sunny spell, I can swear it smells like spring. Flowers are still scarce but you can always pick some here and a few there to make late winter mini arrangements.

(photos: Tiago Cabral)

Winter :: Orange Chiffon Mini Cakes

No Inverno há sempre citrinos óptimos e ontem apeteceu-me imenso um bolo de laranja para o lanche. Na edição de Dezembro de de 2007 da revista Everyday Food encontrei esta receita de orange chiffon cake (que recomendo vivamente). Como não tinha uma forma suficiente grande para a enorme quantidade de massa (uma forma grande de pão-de-ló teria sido perfeita), lembrei-me de deitar o excedente em formas de cupcakes. Para a cobertura, usei metade desta receita e, como sempre, deixei de fora o extracto de baunilha (não gosto dos meus bolos a saber a Dan Cake…).
Winter is great for citrus fruits and yesterday I really felt like eating a slice of orange cake for afternoon tea. Luckily I found this great recipe for orange chiffon cake in the December 2007 issue of Everyday Food magazine — it yields an enormous amount of batter and since I didn’t have a cake tin that was big enough for it, I poured the leftovers into cupcake cases. To ice the mini cakes I used half of this recipe and, as always, left out the vanilla extract.
(photo: Constança Cabral)

Flores de Fevereiro :: February Flowers

Sinto que o pior do Inverno já ficou para trás — amanhece mais cedo, anoitece mais tarde, o céu está mais azul e o ar mais límpido. Com excepção dos jacintos, que forcei dentro de casa, todas estas flores foram apanhadas no nosso jardim. Viva Fevereiro!
I feel that the worst of winter is now behind us — dawn is a little bit earlier, dusk a little bit later, the sky is bluer and the air crispier. Except for the hyacinths, which I’ve forced indoors, all these flowers have come from our garden. Hurrah for February!

(photos: Constança Cabral)

Flores de Janeiro :: January Flowers

Janeiro não é o mês mais luminoso nem tão pouco o mais florido, mas mesmo assim é possível trazer elementos naturais para dentro de casa. Há um ano coloquei ramos despidos em água (que acabaram por despontar com o calor da lareira) — este ano tenho jacintos forçados, bagas de roseira e, para grande surpresa minha, rosas do canteiro à frente de casa (estão picadas pela geada mas até gosto delas assim). A lareira é nova, mas isso fica para um post especial sobre a nossa sala.
January isn’t strong in light nor garden flowers, but even so it’s possible to bring some natural elements indoors. Last year I cut and placed some bare branches in water (which ended up blooming due to the heat of the fire) — this year I’ve got forced hyacinths, rosehips and, to my great surprise, even some roses from the bed in front of our house (they show some frost damage but I kind of like them that way). The mantelpiece is new but I’m saving that for a special post about our sitting room.

(photos: Constança Cabral)

Winter :: Forced Muscari

Estamos finalmente em Março e o Inverno começa a dar lugar à Primavera. Estou contente por ter experimentado forçar bolbos este ano – os meus preferidos são, são dúvida, estes muscari brancos. Apesar de o frio cortante continuar lá fora, cá dentro as vistas são bem mais animadoras!

We’ve finally reached March and Winter starts giving way to Spring. I’m glad I’ve tried forcing bulbs  this year – my favourite ones are undoubtedly these white muscari (grape hyacinth). Although the bitter cold prevails outdoors, indoors the sights are much more cheerful!

(photos: Tiago Cabral)

Winter :: A Hen Full of Scones

Para mim, os scones vêm da galinha. A minha mãe tem uma em tecido acolchoado, comprada numa venda de Natal nos anos setenta, e sempre a cobicei. Hoje finalmente fizemos uma para mim e eu não poderia estar mais contente.

As far as I know, scones come from a chicken. My mother has a quilted one that she bought in a Christmas bazzar back in the Seventies and I’ve always coveted it. Today we finally made one for myself and I couldn’t be happier.

(photos: Tiago Cabral)

Flores de Fevereiro :: February Flowers

Começaram a aparecer flores no jardim! De momento, há campainhas de Inverno, flores de forsythia e flores de aveleira. Pode estar frio, pode chover, pode até nevar… mas a Primavera vem a caminho.
I’m happy to report that I’ve been spotting some flowers in the garden! Presently there are snowdrops, forsythia flowers and hazel catkins. It might be cold, it might rain, it might even snow… but Spring is definitely on its way.
(photos: Constança Cabral)

Winter :: Early Sowing




Para quem vive em países frios, chegou a altura de começar a semear culturas que precisam de temperaturas amenas e de muito tempo até amadurecerem. Tomates, pimentos, malaguetas e beringelas são bons exemplos disso. Os nossos estão num parapeito, em cima dum aquecimento, dentro de sacos de plástico – quem não tem estufa, tem de improvisar! 
To those of us who live in a cold climate, now is the time to start sowing tender vegetables, which need a long growing season to have a chance to mature. Tomatoes, peppers, chillies and aubergines are good examples of plants that need warm conditions in order to grow. Ours are inside plastic bags, on a window sill over a radiator – I don’t have a greenhouse so I must improvise!

(photos: Constança Cabral)