Doce de Abóbora e Nozes :: Pumpkin and Walnut Jam

Na manhã em que íamos fazer a viagem Lisboa – La Rioja, e precisamente no momento em que o Tiago e eu estávamos a carregar o carro com as nossas malas, presentes de Natal e inúmeros objectos que desencanto sempre que vamos de férias a Portugal, a minha amiga Tânia apareceu para dar-nos um abraço de despedida. Trazia com ela uma abóbora da fazenda do seu avô para fazermos sopas com sabor a quinta, e que eu imediatamente imaginei transformada no meu doce de eleição: abóbora e nozes.

A abóbora passou um mês no parapeito da cozinha e, quando chegou a altura de a cortar, pus de lado um quilo e lancei-me a fazer o doce, enquanto o Rodrigo retirava, lavava e punha a secar as sementes, que planeamos semear quando chegar a Primavera.

Não sei se esta será a variedade de abóbora mais indicada para fazer doce, mas digo-vos que valeu a pena experimentar. O resultado foi um doce cheio de sabor, que pode ser comigo com requeijão ou queijo fresco (a maneira tradicional em Portugal) ou até só à colher. Fi-lo assim:

Doce de Abóbora e Nozes

Ingredientes

1 kg de abóbora, descascada e cortada aos bocados

3 ou 4 paus de canela

3 ou 4 tiras de casca de limão

750 g de açúcar branco

200 g de nozes descascadas e partidas aos bocados

Frascos de vidro esterilizados (5 ou 6 frascos de 250 ml)

Método

Colocar numa panela a abóbora, os paus de canela e as cascas de limão. Juntar um fundo de água e deixar ao lume até que a abóbora esteja cozida. Retirar a canela e o limão e reduzir a abóbora a puré.

Juntar o açúcar e, em lume médio, ir mexendo até que se derreta por completo. Em seguida, aumentar o lume e deixar o doce obter o ponto, sem deixar de mexer (estará no ponto quando a colher começar a abrir estrada no fundo da panela).

Juntar as nozes, dar uma mexidela final e apagar o lume. Agora só falta enfrascar, tapar os frascos e fervê-los durante 10 minutos a seguir (sei que muita gente passa por cima deste passo, optando por simplesmente virar os frascos ao contrário até que estejam frios, mas eu não arrisco). Deixar os frascos arrefecer em cima de um pano sem lhes mexer.

Comer com requeijão ou queijo fresco!

4 thoughts on “Doce de Abóbora e Nozes :: Pumpkin and Walnut Jam

  1. Maria João Machado says:

    Tenho a certeza que doce de abóbora é o meu preferido e faço muitas vezes e quando não faço ando sempre a testar os que por aí se vendem – alguns muito bons, mas não chegam aos caseiros. Agora só há uma coisa: não gosto de doces (nenhuns) com coisas duras lá dentro e atenção que adoro tudo o que sejam frutos secos, mas cada coisa à sua vez.
    Gosto de comer o doce em bolachas de água e sal, tostas, torradas mas mesmo, mesmo é à colher. Gulodice, que posso fazer?

    Like

  2. Teresa Mateus says:

    Constança,
    Fico muito feliz com o teu regresso, e a volta dos teus bonitos posts. Reparo sempre na louça (antiga ou regional), também uma das minhas manias.
    Achei engraçado que após tantos anos anglófonos já digas “… o Tiago e eu…”, mas é mais bonito do que como nós dizemos por aqui.
    Bjs,
    Teresa

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s