Folhas :: Leaves

Foi em Cape Cod, na nossa lua-de-mel em Setembro de 2007, que fiquei completamente rendida ao Outono. Nunca até aí tinha visto árvores assim, folhas assim, cores assim. Os três anos que vivemos em Inglaterra vieram cimentar este meu fascínio outonal. A verdade é que gosto de árvores durante todo o ano: despidas no Inverno, floridas na Primavera, verdes no Verão… mas, a meu ver, é no Outono que elas atingem o seu auge.
Apanhei todas estas folhas no caminho entre a nossa casa e a escola do Rodrigo (os tais 4 km que faço a pé todos os dias). O caminho é sempre o mesmo, mas a natureza nunca é igual. Neste momento há  camélias que começam a abrir, bolbos que despontam nos jardins e folhas que mudam de cor e caem no chão. Estas pequenas ocorrências reconfortam-me e tornam os meus dias menos monótonos e muito mais felizes. 

It was in Cape Cod, during our honeymoon in September 2007, that I fell head over heels with Autumn. Never before had I seen such trees, such leaves, such colours. The three years we lived in England made this autumnal fascination of mine grow even stronger. It’s a fact that I love trees throughout the year: naked in winter, flowery in spring, green in summer… but, for me, it’s in Autumn that they reach their peek.

I gathered these leaves on the way between our house and Rodrigo’s daycare (those 4 km I walk every day). The road never changes but nature is never the same. At the moment camellias are starting to bloom, there are bulbs poking through the ground in some gardens and leaves that change colour and fall down. These small occurrences comfort me and make my days less monotone and much happier.

(photos: © Constança Cabral)

15 thoughts on “Folhas :: Leaves

  1. Alexandra says:

    Gosto tanto destes pormenores, Constança. Lê-los dá-me outra visão sobre os meus próprios percursos diários. Também se tornam menos monótonos. Obrigada por me dares outra atenção sobre estes detalhes maravilhosos.

    Like

  2. Maria Duarte says:

    Tenho no meu jardim uns liquidambares que no outono ficam LINDOS, com tons que variam do amarelo ao vermelho

    Bastam “pequenos” pormenores para nos deixarem um sorriso no rosto…

    Um beijo de terras lusas

    Like

  3. Filomena Crochet says:

    Constança,
    tenho a mesma mania de apanhar as folhas que encontro pelo caminho, quando vou fazer caminhada pelo Pinhal ou em outro lugar que haja árvores……
    são lindas…, além do que olharmos com atenção cada uma tem uma característica, ou mais, que a torna linda, especial, única…..

    abraços de MF

    Like

  4. Claudia G. says:

    Olá Constança, não costumo comentar, mas já estou para o fazer há uns dias. Eu gosto muito do teu blog, que sigo há pouco menos de uma ano, e sei que este blog, sempre dá especial relevo às coisas boas da vida, bonitas e especiais… Também sei que por isso mesmo é só disso que falas, mas a vida é muito mais que isso, certo?
    Imagino que deve estar a ser dificil para ti, um pais tão distante, em que apesar de teres 2 das pessoas mais importantes para ti, faltam outras tantas, e às vezes sente-se uma vazio, que nem estas coisas que mencionei mais acima, chegam para preenchê-lo. Admiro a tua coragem, e parece-me que o Tiago tem ao seu lado uma grande mulher, que o acompamnha, mesmo quando a “tarefa” se apresenta muito dificil. É de louvar, e sabendo a única parte da história, que queres que “eu ” saiba, parece-me que estás a lidar muito bem com tudo!
    Não quero ser indiscreta, mas pensam ficar aí muitos anos?
    Daqui a nada já arranjas amigos, quem sabe um trabalho (se te apetecer) e a vida vai parecer e ser bem mais fácil! 🙂
    Desculpa pelo texto longo e nem sequer precisas de publicar, estas palavras vieram do coração e estava a sentir que precisava de dizê-las. Força, e tenho saudades das tuas costurices!! Mostra lá qualquer coisa 🙂
    bjos de POrtugal!

    Like

  5. Vchapéus says:

    Também adoro o Outono e tenho o sonho de sobrevoar uma floresta do Canadá em pleno Outono só para poder apreciar as cores outonais! (espero que não passe de um sonho)
    Gosto especialmente das folhas dos carvalhos pelo recorte acentuado. Apaixonei-me por elas quando visitámos um amigo no Gerês que depois nos ofereceu um carvalho que está lindo e viçoso no jardim da frente.

    Like

  6. Anonymous says:

    Concha, já experimentastes pintar com o Rodrigo usando as folhas como um carimbo? Eu o fiz com a minha filha e ela amou, ela mesma passou a tinta com o pincel na folha (uma bem grande, pra facilitar o manuseio) e depois usou-a como carimbo numa folha em branco. O resultado está pendurado na parede da nossa sala 🙂 em dias chuvosos e frios é uma ocupacao divertida.
    beijos
    Laudenice

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s